Bate e volta de Santiago para a casa do poeta Pablo Neruda

Pablo Neruda foi um poeta chileno e um dos nomes mais importantes da literatura, tendo ganhado o prêmio Nobel de literatura em 1971. Seus poemas até hoje tocam profundo em quem os lê e falam sobre a vida, viagens, saudades, amores, a natureza…

Neruda tinha três residências no Chile: a La Chascona em Santiago, e La Sebastiana em Valparaíso e sua casa de verão em Isla Negra.  Há muitas pessoas que pensão que Isla Negra é literalmente uma ilha, e há algumas que falam que é um povoado ou uma cidade, porém Isla Negra é o nome de uma praia na comuna de El Quisco. Essa praia foi batizada pelo próprio Neruda devido as rochas escuras que ficam em toda sua extensão, daí deriva o nome “Ilha Negra”.

A praia de Isla Negra

A praia e a casa

Pablo Neruda construiu sua casa refúgio em Isla Negra, é ali onde podemos apreciar a essência do escritor, suas paixões e o que lhe inspirava. Neruda tinha uma paixão tão grande pelo mar que construiu sua casa lembrando os cômodos de um navio. Era ali que ele colocava suas mais variadas coleções, desde garrafas de bebidas a conchas e borboletas. No quintal há fontes e esculturas e até partes de um trem! É ali também que está enterrado os restos mortais de Neruda e Matilde Urrutia, sua terceira esposa.

Isla Negra por si só já vale a visita, o local é lindo! O mar azul e as rochas negras e arredondadas na areia. Dá para entender porque Neruda escolheu fazer ali a sua casa de descanso, só de olhar a paisagem já ficamos inspirados! O museu conta com o sistema de áudio guias, que é pago a parte, para que você possa conhecer um pouco mais sobre a vida do escritor e as curiosidades relacionadas a Isla Negra.

Como chegar

Por conta própria:

Para os econômicos de plantão há uma ótima opção para ir até a casa de Neruda: indo de ônibus até Isla Negra. Em Santiago pegamos o ônibus no terminal Alameda ou Pajaritos (Saiba tudo sobre os principais terminais de Santiago). A empresa que faz o trajeto é a Pullman Bus. Para Isla Negra a empresa não disponibiliza a compra online, sendo necessário comprar na rodoviária. Há vários horários durante o dia e o valor da passagem é R 4.500 CLP (R$ 24,00).

O ônibus te deixa na rua principal (é importante lembrar o motorista que você quer ir até Isla Negra), a poucos metros do local, então é só caminhar até a entrada de Isla Negra. A entrada é bem sinalizada e há alguns quiosques vendendo lembrancinhas, com destaque para as pintura em vidro.  Para chegar a casa é necessário andar por um caminho de terra próximo da praia e logo depois já vemos a entrada.

Artesanato em um dos quiosques e a entrada do museu

Quando descemos do ônibus há um guichê da Pullman Bus bem em frente. Ao descer é bom dar uma olhada nos horários de volta e garantir a compra da sua passagem de retorno. O valor da passagem de volta é o mesmo da de ida.

De excursão:

Isla Negra fica a aproximadamente 1:30h de Santiago. Há muitas empresas que fazem o tour até o local e algumas incluem no roteiro um passeio por alguma vinícola ou vilarejo, normalmente a vinícola Undurraga ou Matetic e o vilarejo de Pomaire, outros roteiros só levam até Isla Negra mesmo.

Algumas agências que fazem o trajeto são: Viagem Chile, Chile Tour, Turistik, Mi Viagem por Chile e TurisTour. O passeio dura entre 6h a 9h, dependendo do roteiro escolhido. Normalmente as saídas são ás 9:00h de Santiago.

O valor varia entre 35.000 CLP e 63.000 CLP ( R$ 190,00 e R$ 340,00). Algumas empresas incluem a entrada do museu e a degustação de vinhos no valor do tour, outras não. E nenhuma delas inclui o valor do almoço. É bom dar uma olhada no que cada uma oferece o no roteiro de cada agência para decidir qual se adapta melhor no seu roteiro. Lembrando que muitas dessas empresas oferecem compra online, assim já dá para reservar com antecedência o dia do seu passeio.

Dicas

Vá além da casa

Não fique somente focado do museu, a praia de Isla Negra é uma ótima oportunidade para colocar os pés no oceano Pacifico. E além do passeio pela praia você ainda vai ter a oportunidade de ver a escultura de Neruda esculpida nas rochas e tirar belas fotos.

Parte da coleção de garrafas do escritor e a escultura de Neruda na praia

Procure chegar cedo

Essa dica vale mais para a alta temporada ou feriados. A casa museu é pequena e a entrada de visitantes é limitada. Os ingressos são vendidos por ordem de chegada e não dá para fazer reserva. Então procure chegar um pouco mais cedo para não ter que ficar esperando muito tempo enquanto vários grupos entram e saem para depois ser sua vez.

Dá pra ficar no exterior da casa sem pagar o ingresso

Bem, para aqueles bem econômicos mesmo, dá para ficar no exterior da casa sem comprar o ingresso. Isso acontece porque o ingresso é para entrar na casa propriamente dizendo, e não para passear no quintal. Então se o que mais te chamou atenção em Isla Negra foi a praia e o pátio da casa dá para fazer o passeio sem pagar pela entrada no museu. (Exceto se tiver algum segurança extremamente chato, nesse caso é preciso argumentar um pouquinho e explicar que você só quer conhecer o pátio. )

Da para ir de Valparaiso até Isla Negra

Saindo de Valparaiso para Isla Negra pegamos o ônibus no Terminal de Valparaiso. A empresa que faz o trajeto é a Pullman Bus também. A viagem dura em torno de 1h, e o valor do trecho é de aproximadamente $ 3.300 CLP (R$ 18,00). No retorno você pode pegar o ônibus para Valparaiso ou Santiago, e a venda da passagem é no guichê da Pullman Bus próximo da entrada para Isla Negra.

Informações úteis

Site: www.fundacionneruda.org
Valor do ingresso:  $ 7.000 CLP (R$ 38,00)
Horário de funcionamento:  De março a dezembro: terça a domingo, dás 10h ás 18h

De janeiro a fevereiro: terça a domingo, dás 10h ás 19h

  • Dia 12 de julho é o aniversario de Pablo Neruda, assim há varias celebrações e eventos, o horário de abertura do museu pode mudar.
Endereço: Poeta Neruda s/n, Isla Negra, El Quisco.
Email: info@fundacionneruda.org
Telefone: +56-35-2469280

Indicação

O Carteiro e o Poeta (1994)

Titulo Original: Il Postino

O filme é baseado na vida de Pablo Neruda e tem como plano de fundo as belas paisagens da Itália. Conta a história de Mario (Massimo Troisi) um carteiro que trabalha para o escritor. Mario é apaixonado por uma moça no vilarejo, mas não sabe como fazer para conquista-la. Aos poucos o carteiro vai se aproximando de Neruda (Philippe Noiret) e aprendendo um pouco mais sobre poesia e sobre a arte de viver. Um filme simples e doce, daqueles com paisagens lindas e diálogos cheios de aprendizado. O filme foi baseado no livro homônimo de Antônio Skármeta, com a diferença de que no livro o plano de fundo da história é Isla Negra, no Chile.

Explore mais!

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *