Huacachina é um pequeno vilarejo que fica a 4 km de Ica, uma cidade a cerca de 5h de Lima e a 17h de Cusco. É ali onde fica o oásis de Huacachina, o único oásis da América do Sul. Uma lagoa em meio ao deserto com várias palmeiras ao redor.

O que fazer em Huacachina

O lugar é bem pequeno, mas tem infraestrutura suficiente para você se sentir confortável. Hotéis, hostel, restaurantes e cafés, mercados, feiras de artesanato, lojinhas e etc. O que atrai muitos turistas são os passeios de buggy e sandboard nas dunas de areia do deserto.  Os passeios são feitos bem cedo, por volta das 5h ás 7h da manhã, ou no fim de tarde por volta das 17h. Não dá para fazer durante outros horários do dia pois a areia do deserto é extremamente quente.

Passeio de buggy e sandboard

Os passeios podem ser fechados no local com os condutores que ficam oferecendo os tours próximo da lagoa ou nas ruas do vilarejo. E também há hotéis que oferecem os passeios, o que é recomendado no caso de você escolher fazer o passeio bem de manhã. O valor é de aproximadamente 40 soles por pessoa. E acredite, os dois passeios são bem radicais! As dunas são enormes e há horas que pensamos que o buggy vai virar, e na hora de fazer os sandboard descemos por dunas muito altas!

Para quem não curte essas aventuras vale a pena fazer caminhada pelas dunas pois a visão mais bonita do local é do alto. Na lagoa também há alguns barcos e pedalinhos para quem quiser um programa mais calmo. E claro, as lojinhas e restaurantes são um ótimo passatempo.

Ruas de Huacachina

Uma comida deliciosa típica da região de Ica são as Tejas peruanas, um bombom coberto de chocolate ou glacê com recheios diversos de frutas e castanhas. Esse doce é um dos mais gostosos que já comi, achei todos os sabores incríveis! Em Huacachina foi onde encontrei os melhores preços. Para economizar procure comprar no mercado e lojinhas que ficam afastados da lagoa, e não nos restaurantes próximos da lagoa que vendem o doce por um preço bem mais alto.

Tejas peruanas

No meu roteiro decidi passar a noite no oásis, pois queria muito ver o sol se pondo nas dunas do deserto, e também queria conhecer o oásis na parte da manhã. O vilarejo é bem pequeno, então para quem está com o roteiro apertado dá para chegar ao local bem de manhã, fazer o passeio pelas dunas e conhecer o oásis em menos de meio dia. Ou chegar à tarde e aproveitar um pouco a beleza noturna do local antes de ir para o próximo destino.

Pôr do sol nas dunas do deserto

Como ir ao oásis Huacachina

Não há ônibus direto para o oásis de Huacachina. A melhor forma de ir é passando pela cidade de Ica e de lá pegar um taxi ou os tuc – tucs, uma espécie de triciclo. Levamos aproximadamente 10 minutos para ir de Ica até lá. O taxi custa aproximadamente 7 soles e o tuc – tuc aproximadamente 5 soles. Lembrando que sempre defina o preço da viagem com o motorista antes de embarcar para evitar preços abusivos no final da corrida.

Minha escolha foi ir de tuc – tuc, e foi muito legal! Andei com esse transporte para vários lugares enquanto estava no Peru e não tive nenhuma experiência ruim. É claro, esse não é o meio de transporte mais seguro que você vai encontrar (alguns não tem nem porta), mas se a distância a ser percorrida é pequena e você gosta de aventuras com certeza vale.

O oásis a noite e um exemplo de tuc – tuc

Explore mais!

Share:

1 comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *