ColunasDestaque

A grande decisão de fazer o que ama

Uma reflexão sobre a busca da felicidade profissional

Recentemente temos visto e ouvido muitas histórias de pessoas que deixaram tudo para fazer o que amam, para fazer o que as deixa feliz.  Saíram de seus empregos para viajar, deixaram carreiras consideradas estáveis para se aventurarem no empreendedorismo digital, mudaram suas vidas e decidiram fazer algo diferente. São histórias inspiradoras de mudanças. Histórias que nos trazem um despertar de consciência, que nos fazem pensar além daquilo que estamos acostumados.

E há a infinidade de textos, vídeos e livros propondo essas mudanças, ensinando caminhos. Propondo a cada um que analise a si mesmo e descubra sua paixão, aquilo que te deixa feliz. E muitas vezes, sabiamente, procuramos a verdadeira resposta para perguntas como: “ O que me faz feliz? “, “ O que eu amaria fazer? ”, “Como posso trabalhar no que me agrada? ” Ficamos empolgados com a possibilidade de mudança que essas respostas podem trazer a nossa vida.

Ficamos fascinados por esse sonho dourado que é oferecido a nós. Esse sonho de uma vida tranquila, exercitando seus hobbies e vivendo plenamente cada minuto. Imaginamos que se descobrirmos a resposta exata para essas perguntas então não teremos mais frustrações e decepções. Criamos muitas expectativas, mas esquecemos que para realizarmos sonhos sempre teremos que fazer sacrifícios.

Ás vezes aquilo que mais amamos fazer pode se tornar comum e enfadonho com o passar dos anos. Ás vezes nossas maiores paixões podem se tornar tediosas, quando exercitadas todos os dias. Se você ama viajar, e transforma isso em profissão, terá que ter a consciência que sempre perderá algum momento importante, sempre deixará alguém para trás. Se fotografar te faz feliz, saiba que muitas vezes você não poderá fotografar somente aquilo de que gosta, mas em algum momento você terá que fazer serviços que detesta também. Se escrever é o que mais gosta, imagine que terá que fazer isso não somente quando tiver inspiração, mas terá que fazer como obrigação. Se ser dono de seu próprio negócio é o que você sempre quis, saiba que sempre haverá decisões a tomar, objetivos a cumprir, problemas diários com o que se preocupar. E vai além…

Quando você decide fazer o que ama não está decidindo por uma vida fácil, ou livre de problemas e preocupações. Não está decidindo ser completamente feliz todos os dias, não está decidindo por uma vida sem frustrações ou decepções. E se em algum momento alguém te falou ao contrário, acredite, é mentira.

Fazer o que se ama vai muito mais além. Quando você escolhe fazer o que ama está decidindo que fará os momentos de alegria serem maiores que os de tristeza, a satisfação ser maior que a frustração, fará o encanto ser maior que as decepções. Você decide que vai tentar mesmo não sabendo se dará certo. Você decide acreditar em si mesmo e em seu potencial.

A grande maioria das pessoas da Terra nunca irá tomar a grande decisão de buscar aquilo pelo que são apaixonadas. Muitas delas nem sequer terão a oportunidade. Outras irão encontrar as respostas, mas não terão coragem suficiente para agir. E outras irão desistir no meio do caminho. A escolha é individual. Se temos a oportunidade de mudar e não agimos, as consequências são individuais.

 Uma coisa é certa, escolher fazer o que se ama pode não ser aquele ideal belo que imaginamos, ou a vida  incrível que esperamos, mas se você perceber que os sacrifícios que irá fazer irão valer a pena então vá em frete com tudo que há em você. Pois, quando fazemos o que amamos estamos a um passo de realizar o que sonhamos.

 

Explore mais!

Share:

2 comments

  1. Eli Sandro 27 novembro, 2017 at 19:52 Responder

    Larguei tudo para me tornar fotografo, e não me arrependo. Mas como você disse: as vezes é muito enfadonho, ficar ali tirando fotos de bebes, casamento e etc. Meu sonho é ser fotografo da natureza, e faço alguns trabalhos, mas ainda não consegui uma oportunidade de verdade. Então faço trabalhos chatos até chegar o dia em que possa fazer o que realmente quero.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *